“A segmentação de mercado é uma consequência natural das diferenças que existem entre as pessoas.” – Donald Norman

A segmentação é uma ferramenta que ajuda a aproximar o produto/serviço dos seus potenciais-clientes, identificando certas  características comuns e agrupando os indivíduos dessa forma. Num primeiro olhar, o mercado é diferenciado, ou seja, não é homogéneo. No entanto, se nele identificarmos certas caracaterísticas, poderemos tratar esses segmentos como homógeneos. Assim, cada um desses critérios é uma segmentação que reduz o mercado a um grupo coerente para o produto/serviço em causa.

Como tal, se o objectivo for vender edições luxuosas de Bíblias, sabemos que teremos em conta o critério de segmentação “religião”, para dentro dele optarmos pelo catolicismo. Assim, identificado este segmento, sabemos a quem queremos levar a nossa mensagem e produto.

Todas as informações que nos são dadas pela segmentação que escolhemos irão influenciar todas as decisões futuras de Marketing sobre esse produto/serviço. Outros elementos podem juntar-se se, por exemplo, descobrirmos que há um número muito elevado de católicos no Distrito do Porto. Nesse caso, ficamos a saber que se conseguirmos direccionar a nossa campanha para católicos que vivem no distrito do Porto, ela será muito provavelmente mais eficaz do que se for realizada para o país inteiro. Sabemos também que os jovens são menos dedicados a questões religiosas, pelo que rapidamente a segmentação pela idade entrará em jogo.

Em termos prácticos, podemos imaginar que o cenário descrito acima levaria à formação duma equipa de vendas que se deslocaria para o distrito do Porto para fazer vendas de porta a porta em zonas residenciais, usando como horário o princípio da tarde, por ser mais provável que as pessoas a estarem em casa a essa hora sejam idosas.

Um só mercado, mas inúmeros segmentos

Exemplos:

  • Idade
  • Rendimento
  • Sexo
  • Tamanho da família
  • Religião
  • Escolaridade
  • Ocupação

Inbound Marketing

O Inbound Marketing é uma estratégia e uma atitude de marketing nova, que é o oposto do Outbound Marketing, a atitude clássica. Na estratégia de Inbound, o marketing é pensado para atrair potenciais clientes para o contacto com o seu produto/serviço.

Customer Relationship Management (CRM)

Em português a tradução seria Gestão de Relacionamento com o Cliente, mas o que prevalece é a expressão do inglês. O CRM designa todo conjunto de ferramentas (quase sempre digitais) que automatizam e facilitam o contacto com o cliente. A importância destas ferramentas, e desta atitude, surgem da necessidade de fidelização dos clientes. Tornou-se evidente que conquistar novos clientes é substancialmente mais caro do que manter os clientes existentes.

Segmentação

A segmentação é uma ferramenta que ajuda a aproximar o produto/serviço dos seus potenciais-clientes, identificando certas características comuns e agrupando os indivíduos dessa forma.

Subscreva

Categorias

Quer receber em primeira mão as novidades?

Subscreva a nossa incrível newsletter.

Share This
Subscreva a nossa Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba as actualizações para o sucesso das PMEs

Obrigado!